Hi-TECH - 02/06 a 08/06/2021

Atualizado: 20 de out.


Highlights da semana de 02/06 a 08 de junho de 2021.


Empresas AUTOAJUSTÁVEIS, profissionais AUTOGERENCIÁVEIS!


Já falamos sobre esses termos na semana passada, porém, novos artigos superinteressantes apareceram nessa semana trazendo à tona o tema novamente, agora com mais aprofundamento e outros contextos. Um tema como esse vale a pena ser repetido e estudado mais a fundo, pois será o responsável por mudanças substanciais no nosso modo de trabalhar e de viver.


Parafraseando a postagem da semana passada: "O mundo BANI precisa de AGILIDADE!". Para obter essa agilidade, segundo Stowe Boyd, as empresas precisam deixar os negócios baseados em CARGOS, para adotar os negócios baseados em PESSOAS. O equivalente a dizer que as empresas terão que migrar de uma estrutura PIRAMIDAL, para uma REDE de contatos.


As empresas baseadas em REDE, aquelas que no TechSocial apelidamos de AUTOAJUSTÁVEIS, são capazes de mudar a sua forma e suas interligações de seus nós dinamicamente. Isso permite obter flexibilidade para se adaptar ao contexto fluido imposto pelo mundo BANI.


Nesse novo formato, os nós da rede de contato são formados por profissionais ou grupos de profissionais, capazes de, autonomamente, tomar decisões para criar conexões e desfazer outras já existentes. Esse processo cria dinamicidade para adaptar continuamente os tipos de serviços e produtos ofertados pela rede (organização) como um todo.


Num AMBIENTE fluido, só ORGANIZAÇÕES fluidas conseguem a adaptabilidade necessária para viver bem. Pode-se usar a mesma conotação para saber qual o tipo de profissional que será capaz de viver bem...


Profissionais AUTOGERENCIÁVEIS!


A metodologia Startup YOU, desenvolvida no TechSocial, é um caminho seguro para atingir a necessária fluidez para ser reconhecido como um PROFISSIONAL autogerenciável.


O TechSocial, com seu conteúdo e serviços, pretende motivar as pessoas, independente de faixa etária e posicionamento na carreira, a encarar o desafio de sobreviver em um mundo BANI.


A função do Hilights é mostrar a transdisciplinaridade e a interdisciplinaridade necessária para navegar no Ambiente 21 (A21 - Ambiente do Século 21), agregando os mais variados assuntos sob vários pontos de vista, para que você perceba as conexões que, muitas vezes, não estão muito a vista.


Vai ver... E começar a pensar de forma FLUIDA!


Depois que essa pandemia chegou, o que tem de gente procurando melhorar a saúde para poder viver mais e melhor não é brincadeira. Mudanças de hábitos que tem trazido ótimas oportunidades de negócio para o ambiente da alimentação rápida, prática e saudável. No mundo de hoje tudo é uma questão interdisciplinar, onde, com uma estrutura baseada em tecnologia, todos os mercados se juntam em uma aldeia global cujas fronteiras estão ruindo. Perceber essas nuances é fundamental para crescer e ter sucesso... Vai lá ver...


O mais recente que temos notícia foi a JBS. Mais um ataque de ransomware onde os hackers dominam as máquinas, criptografam os conteúdos, e fazem o sistema parar até que seja pago um resgate. O prejuízo, em determinadas situações, pode ser gigantesco, então vale a premissa: “melhor prevenir do que remediar”. Mas, parece que muitos ainda optam pelo caminho: “acontece com os outros, mas aqui não, o que tem de interessante aqui para um hacker?”. O negócio é simples assim: o ataque é feito por um conjunto de máquinas que fica varrendo a internet, procurando por vulnerabilidades, então, se tem vulnerabilidade, tem ataque. Seu negócio pode ser pequeno, mas para um bot que faz isso 24/7 no globo, juntando pequenas parcelas se chega rapidamente na casa dos milhões... De dólares... Vai lá ver e dar a devida importância...


Como a necessidade é a mãe da imaginação e criatividade, foi a pandemia chegar que paradigmas antes repelidos energicamente, se tornaram os únicos possíveis. Aí entra em jogo o “se, só tem tu, vai tu mesmo!” e a telemedicina começou a dar as caras no Brasil. Agora, assistimos a uma enxurrada de Healthtechs, trazendo inúmeras soluções que prometem movimentar o mercado. Nem tudo são flores e muita coisa precisa ser feita, treinamento, sistemas de segurança (vide postagem anterior), averiguação de limites aceitáveis, acesso à internet, entre vários outros. Mas, é muito legal ver um rebuliço desse num mercado tão habituado às tradições... Vai lá ver...


TOP1

Profissional AUTOGERENCIÁVEL?

O profissional do mundo BANI é muito diferente do que conhecemos hoje!


Em recente postagem no blog da TechSocial, falei sobre as empresas AUTOAJUSTÁVEIS que precisam de pessoas AUTOGERENCIÁVEIS. Esse tipo de empresa é a que tem chance de viver bem no ambiente de negócios atual. Pessoas autogerenciáveis são aquelas capazes de gerenciarem a si mesmos, sua emoção e razão, em prol de um desempenho superior em todas as situações. Elas formam as empresas autogerenciáveis. Huau!! São super-homens? De jeito nenhum! Apenas pessoas capazes de se conhecer tão intimamente, a ponto de saber seus pontos fortes e fracos e gerenciar seu estado, para que possam ficar sempre na melhor situação possível quando as coisas acontecem, especialmente as não previstas. Isso significa que é uma pessoa de posse de EQUILÍBRIO e de LIBERDADE! Significa que essa pessoa se tornou uma STARTUP YOU! As soft skills são a base para construir alguém assim... Vai lá ver...


Venho comentando frequentemente por aqui e nos demais canais do TechSocial o quanto é importante estar atento ao ESG. É um fator que está se tornando uma parte muito forte na decisão de compra e, como não é uma coisa a se adquirir e sim um processo a se fazer, é bom começar logo. Construir uma relação de confiança com o consumidor é uma tarefa longa e que exige tempo e muita transparência. Olha o exemplo da Sony com o seu mais novo console o PS5, um console amigo do ambiente... Vai lá ver...


Dar uma olhada na sopa de letrinhas que compõem o nosso ambiente de negócios é sempre bom. Como digo aos meus alunos: “não precisa decorar”, só precisa ter uma noção sobre o que está se falando e saber onde encontrar os detalhes sobre o assunto, caso seja necessário... Proliferam os adjetivos para definir os vários tipos de startups que vão surgindo. Essa proliferação é a prova de que o mundo BANI não é para amadores, é preciso estar preparado para mudar o tempo todo. Startup unicórnio, zebra, camelo, dragão... Vai lá ver que o zoológico vai aumentar...


A IA (Inteligência Artificial) virou hype e muitas empresas correram para ela como se fosse a salvação da pátria. Como tudo que é solução, o sucesso depende de PORQUE ela vai ser implementada e de COMO isso será feito. A colaboração entre homens e máquinas (como já reportado aqui há algum tempo) é o caminho ideal para um crescimento sustentável e de retorno significativo para todos. Esse “todos” inclui: consumidores, stakeholders, shareholders e trabalhadores. Um trabalhador em colaboração com uma máquina que o ajuda a realizar seu trabalho, se sente realizado e ajuda a IA a melhorar. Os professores humanos ainda são os melhores apoios para uma IA significativa para o negócio... Vai lá ver...